STF obriga Bolsonaro a depor presencialmente sobre suposta interferência na PF - Novo Brasil Online
Connect with us

GOVERNO

STF obriga Bolsonaro a depor presencialmente sobre suposta interferência na PF

Published

on

O ministro Celso de Mello, do STF (Supremo Tribunal Federal) negou pedido do presidente Jair Bolsonaro para prestar depoimento por escrito em inquérito no qual é investigado por suposta interferência na Polícia Federal.

A decisão ficou pronta em 18 de agosto, quando o ministro, inesperadamente, sofreu internação hospitalar e posterior cirurgia. De licença médica, com base na Lei Orgânica da Magistratura, assinou o ato nesta sexta-feira.

No documento, o decano afirma que o depoimento por escrito só é permitido aos chefes dos Três Poderes da República que figurem como testemunhas ou vítimas. Em caso de condição de investigados ou réus, devem depor presencialmente.

CLIQUE AQUI para ler a íntegra da decisão.

Comentários

GOVERNO

Ministro Paulo Guedes esnoba ameaças de Joe Biden: “Se não formos bem tratados do lado de cá, iremos para o lado de lá !”.

Published

on

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou nesta sexta-feira que se o país não for bem tratado no ocidente, voltará suas atenções comerciais à Ásia, ao mesmo tempo em que reconheceu que o aprofundamento da relação com os Estados Unidos dependerá da política. Ao participar virtualmente do Encontro Nacional de Comércio Exterior (Enaex), ele defendeu que o Brasil precisa ampliar sua presença no agronegócio mundial e que olhar para o oriente faz sentido dentro dessa estratégia.

 

“Se nós conseguirmos ter com a Índia o mesmo fluxo de comércio que temos com a China, o Brasil estará alimentando metade da população do planeta”, disse. E avisou:

– Então toda atenção aos americanos, toda atenção aos europeus, mas o Brasil já se moveu e já está indo para o ponto futuro. O eixo de crescimento do mundo está na Ásia, se nos tratarem mal do lado de cá, nós vamos para o lado de lá. E o Brasil quer dançar com todo mundo.

Nesta semana, Bolsonaro afirmou que somente a diplomacia pode ser insuficiente para contornar o embate em relação à proteção da Amazônia, após se referir indiretamente a declarações de Biden sobre levantar barreiras comerciais contra o Brasil para interromper o que o norte-americano chamou de destruição da floresta.

Comentários
Continue Reading

BRASIL

Damares Alves e equipe fazem viagem oficial sem gastar dinheiro público com passagens

Published

on

Na tarde desta úl­tima se­gunda-feira (05 de ou­tubro), a mi­nistra da Mu­lher, Fa­mília e dos Di­reitos Hu­manos, Da­mares Alves, usou as redes so­ciais para falar sobre uma im­por­tante ini­ci­a­tiva de sua pasta.

Através do acú­mulo de mi­lhas, os fun­ci­o­ná­rios de seu Mi­nis­tério podem vi­ajar sem gastar di­nheiro pú­blico.

“Olha isso, Brasil, es­tamos vi­a­jando sem pagar a pas­sagem.

Era um sonho! Acu­mular mi­lhas para o Mi­nis­tério e de­pois usar para mais vi­a­gens ofi­ciais. No pas­sado tinha até gente que­rendo aprovar uma lei trans­fe­rido as mi­lhas dos ser­vi­dores que vi­a­javam para os ór­gãos pa­ga­dores.

Com esta par­ceria as mi­lhas acu­mulam para o Mi­nis­tério e também para o ser­vidor”, des­tacou a mi­nistra. In­ci­a­tiva é mais uma prova de efi­cácia e trans­pa­rência com a po­pu­lação bra­si­leira, evi­tando o uso do erário pú­blico, e, ao mesmo tempo, tor­nando mais prá­ticas as im­por­tantes vi­a­gens que têm como ob­je­tivo atender as mais di­fe­rentes ne­ces­si­dades da po­pu­lação ca­rente bra­si­leira.

 

https://www.instagram.com/p/CF-gDWEjCtb/?utm_source=ig_web_button_share_sheet

Comentários
Continue Reading

BRASIL

Ministério da Defesa afirma que matéria da Folha faz “graves incorreções e omissões, que levam o leitor à desinformação”

Published

on

O Ministério da Defesa do governo Bolsonaro divulgou uma nota, no domingo (4), acusando o jornal Folha de S. Paulo de omitir uma queda de 33% no desmatamento na Amazônia Legal no mês de setembro.
Em nota à imprensa, o Ministério da Defesa disse lamentar “profundamente a quantidade de omissões e equívocos contidos na matéria, que, mais que desinformar, consiste em verdadeiro desrespeito àqueles, civis e militares, que vêm arriscando diariamente suas vidas na preservação e no combate aos crimes ambientais na Amazônia”.
O trabalho de desinformação que o jornal vem fazendo ao longo de sua história fica nítida para o MD na reportagem intitulada “No sul do AM, desmatamento avança apesar do Exército”.
O que levou o MD afirmar que a matéria do jornal de está repleta de “graves incorreções e omissões, que levam o leitor à desinformação”.
QUAL A SUA OPINIÃO SOBRE O TRABALHO DA “VELHA IMPRENSA” ?

Comentários
Continue Reading

Em alta