Connect with us

Novo Brasil Online

A verdade sempre aparece: Conteúdo vazado revela propina “adiantada” de 5 milhões a José Serra

JUSTIÇA

A verdade sempre aparece: Conteúdo vazado revela propina “adiantada” de 5 milhões a José Serra

O fim de carreira dos tucanos José Serra e Aloysio Nunes vai ganhando ares de deplorável.

As máscaras estão se espatifando…

O conteúdo de uma delação premiada vazado nesta terça-feira (29) é desmoralizante para o ex-governador José Serra e para o ex-ministro Aloysio Nunes.

O empreiteiro Dario de Queiroz Galvão Filho, da Galvão Engenharia, afirmou em depoimento ao Ministério Público Federal que acertou o pagamento de 5 milhões de reais em propina num encontro com o ex-ministro Aloysio Nunes, do PSDB, durante as eleições de 2006.

Serra na época era candidato a governador.

A importância milionária teria sido paga com a promessa de retorno em contratos públicos na gestão tucana.

O encontro entre Galvão e Aloysio Nunes para o acerto da ‘propina’ teria acontecido no restaurante Fasano, no dia 16 de maio de 2006.

Um segundo encontro que fechou o acerto teria tido a participação do próprio José Serra.

Neste encontro, Galvão Filho afirma que Aloysio explicou a Serra que a empreiteira pagaria os 5 milhões de reais para a campanha “em razão de seu interesse em participar de obras do futuro e eventual governo”.

Segundo a denúncia do MPF, o empreiteiro recebeu “aceno positivo de Serra”.

Noutras palavras, foi ‘propina’ paga de maneira adiantada.

CRÉDITOS JORNAL DA CIDADE ONLINE

Comentários
Continuar Lendo
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em JUSTIÇA

To Top